Série D 2020

Salgueiro e Afogados têm adversários cearenses neste domingo

Carcará e Coruja do Sertão começam suas caminhadas na Série D pelo grupo A-3. Afogados é o único a jogar em casa.

img

Depois do bom empate conquistado pelo Central diante do Jacyobá (2x2), pelo grupo A-4, os outros dois representantes de Pernambuco na Série D iniciam suas campanhas neste domingo (20). Salgueiro e Afogados, ambos no grupo A-3, enfrentam Guarany de Sobral e Floresta, respectivamente, num duelo entre pernambucanos e cearenses. Os dois jogos começam às 16h.

O Carcará, que chega à competição nacional com o status de campeão pernambucano de 2020, atua fora de casa e tem como trunfo justamente a manutenção da base que conquistou o estadual há pouco mais de 45 dias, incluindo o atacante Ciel e o técnico Daniel Néri.

"Estamos prontos para estrear bem. Temos que entrar concentrados porque no primeiro jogo sempre bate um pouco a ansiedade. Vamos tentar um bom resultado contra um adversário qualificado e com jogadores experientes", disse o técnico do Carcará.

O Guarany disputa a Série D pela quinta vez, numa delas sagrou-se campeão, em 2010. O time foi semifinalista no Cearense e fez um amistoso contra o River-PI, há duas semanas, quando perdeu por 1x0.

Coruja

O Afogados é o único pernambucano a estrear em casa. A Coruja do Sertão recebe o Floresta no Vianão com um grupo bem modificado em relação ao que chegou às semifinais do Campeonato Pernambucano 2020. Após a eliminação na Copa do Brasil pela Ponte Preta, o técnico Pedro Manta deixou o clube, seguido de alguns atletas. Para o lugar dele a diretoria trouxe um velho conhecido do futebol nordestino: Adelmo Soares. A Copa do Brasil, aliás, foi o grande feito do Afogados na temporada, quando eliminou ninguém menos que o Atlético Mineiro.

O novo comandante implementou algumas mudanças e o ritmo dos treinamentos seguiu bastante intenso no Sertão. Durante a preparação para a Série D, a equipe fez dois amistosos com o Central - um empate e uma derrota.

"Estamos trabalhando firme e forte, fazendo o que o treinador pede para estarmos aptos para o jogo com o Floresta. Ele mudou um pouco a tática do time e temos que nos adaptar rápido", disse o volante Diego Teles.