4º Curso Oficial da FPF de Árbitros de Futebol

História

Fundada em 16 de junho de 1915, a então Liga Sportiva Pernambucana (LSP) tinha como grande objetivo a administração do futebol pernambucano, que se desenvolvia de forma rápida e desorganizada. Há 104 anos, jovens, liderados por Eduardo Lemos, resolveram criar uma liga para promover os campeonato do estado. Ali foi plantada a primeira semente do que hoje chamamos de Federação Pernambucana de Futebol. 

Em 07 de julho do mesmo ano foi realizada a primeira eleição da entidade - aquela que definiria o Sr. Alcebíades Braga, presidente do Sport Club Flamengo e um dos fundadores da LSP, com sete votos, o primeiro presidente da FPF, assim como a sua diretoria. 

Passaram pela entidade 30 presidentes, três deles por duas vezes, Artur Campelo (1918 e 1925); Renato Silveira (1928 e 1930) e Edgar Fernandes (1938 e 1941). De 1915 a 1931, a gestão era de apenas um ano, passando, daí em diante, para dois, perdurando até 1988. A partir desta data, o mandato foi ampliado para três anos e, posteriormente, em 1990, para quatro – com possibilidade de reeleição.

Desde 1995 até 2011, a FPF foi presidida por Carlos Alberto Gomes de Oliveira. Nesta administração, foi realizado um grande trabalho de interiorização do futebol profissional. No início de setembro de 2011, após o lamentável e repentino falecimento de Carlos Alberto Oliveira, a FPF passou a ser comandada pelo antes 1o. vice-presidente da casa, Evandro Carvalho.