4º Curso Oficial da FPF de Árbitros de Futebol

Brasileiro Série D / 2019

Em jogos de ida da segunda fase, Central vence e Salgueiro empata

Sábado (15), no Lacerdão, Central 2x0 Jacuipense-BA; no Cornélio de Barros, Salgueiro 1x1 Fluminense de Feira-BA

img

Central e Salgueiro iniciaram, no sábado (15), a disputa da segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro. No dia em que completou 100 anos, o time caruaruense recebeu a Jacuipense-BA, às 16h, no Lacerdão, e fez a festa para sua torcida vencendo, por 2x0. Já o Salgueiro, duelou com o Fluminense de Feira-BA, dentro do Cornélio de Barros, e ficou no empate, por 1x1. 

Central 2x0 Jacuipense-BA

Com a responsabilidade de “presentear” o torcedor centralino na passagem dos 100 anos do clube, o time caruaruense iniciou a partida pressionando os baianos e, aos 27 minutos, abriu o placar. Em troca de passes, entre Palhinha e Leandro Costa, este tocou para Joelson que não vacilou e fez 1x0, dando números finais ao primeiro tempo, com domínio pleno da partida.

Na segunda etapa, os baianos não assustaram o time pernambucano que, aos 24 minutos, acabou chegando ao segundo gol. Num chute forte de fora da área, Diego Palhinha ampliou a vantagem do Central: 2x0. Não fosse a jornada inspirada do goleiro Jordan, a Jacuipense-BA teria sofrido um placar mais elástico.

A decisão da vaga para a terceira fase da Série D, acontece na quinta-feira (20), às 15h, no estádio Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe/BA. Em caso de nova vitória, empate ou até derrota por um gol de diferença, o Central ficará com a vaga. A Jacuipense-BA precisará vencer por dois gols de diferença para levar a decisão para os pênaltis ou fazer três gols de saldo para se classificar de forma direta.

Salgueiro 1x1 Fluminense de Feira-BA

Pela terceira vez consecutiva, nesta Série D, Salgueiro e Fluminense de Feira-BA ficaram no empate, dessa vez, por 1x1. Mesmo atuando na casa do adversário, os baianos foram melhores na primeira etapa e abriram o marcador, aos 10 minutos, com o atacante Peitoxo fazendo 1x0, de cabeça, e selando a vantagem nos primeiros 45 minutos.

De volta para o segundo tempo, o time sertanejo foi em busca do empate e pressionou a equipe baiana. O resultado da postura ofensiva do Salgueiro surtiu efeito, aos 13 minutos, quando Edson foi expulso, ao cometer penalidade. Na cobrança, o atacante Muller Fernandes deixou tudo igual: 1x1. Com um jogador a mais, o time comandado pelo técnico Daniel Neri continuou pressionando e chegou a mandar uma bola no travessão, aos 47 minutos, mas o 1x1 acabou prevalecendo, até o apito final.

Na quinta-feira (20), às 17h, o Salgueiro volta a enfrentar o Fluminense de Feira-BA, no estádio Jóia da Princesa, em Feira de Santana/BA. Quem vencer, fica com vaga para a terceira fase da competição. Em caso de um novo empate, a decisão será nos pênaltis.