Federação

Futebol: Paixão que não se mede

Evandro Carvalho fala sobre artigo publicado por Reinaldo Carneiro.

img

No início desta semana, o presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Reinaldo Carneiro, teve um artigo publicado na Folha de São Paulo. No texto, escrito com bastante propriedade, o mandatário falou sobre a paixão do torcedor pelo futebol e sobre o seu esforço junto a entidade para melhorar o Campeonato Estadual.

Reinaldo Carneiro descreveu com riqueza de detalhes como cada torcedor se envolve nas competições em que seus clubes disputam, além de falar sobre os trabalhos diretos e indiretos que o futebol proporciona para milhares de pessoas, bem como da importância dos campeonatos estaduais para uma quantidade imensurável de atletas que só têm nele o seu substrato e o meio para chegar a torneios nacionais como a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro da Série D.

“Ouvir técnicos, atletas, executivos, médicos, imprensa e os profissionais que fazem o futebol é nosso dever. Foi a partir de encontros com eles que chegamos a um avanço no Campeonato Paulista deste ano”, diz uma parte do texto escrito por Reinaldo Carneiro.

Seguindo a mesma linha de pensamento do mandatário da entidade paulista, o presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Evandro Carvalho, também vê na competição Estadual a oportunidade de formar atletas de base e de recuperar os sonhos dos jogadores que só têm neste campeonato a sua forma de ganhar a vida. Desde que assumiu a entidade máxima do futebol pernambucano, Evandro Carvalho, vem buscando melhorias para o futebol do Estado.

“Há cerca de três anos nós começamos a ouvir a imprensa de Pernambuco em busca de melhorar o nosso estadual, além disso sempre estamos ouvindo especialistas da área, técnicos e dirigentes de futebol para entender onde poderíamos melhorar. No último ano, estendemos o assunto e ouvimos o torcedor com pesquisas de campo e pela internet para buscar opiniões sobre o formato da competição e saber como poderíamos trazê-los mais para perto do nosso Estadual”, disse Evandro Carvalho, reforçando a ideia de que o torcedor é a peça mais importante do espetáculo.

Uma das mudanças no Pernambucano, este ano, foi a redução no número de clubes trazendo, dessa forma, a volta dos jogos dos times da capital pernambucana no interior do Estado. Ação que movimenta ainda mais a economia dos municípios e fortalece os clubes intermediários, que após alguns anos voltaram a receber jogos com o Sport, Santa Cruz e Náutico em seus domínios. A mudança no formato da competição foi escolhida pela maioria dos clubes em Conselho Arbitral realizado no ano passado.

A novidade trouxe de volta a alegria de milhares de torcedores, bem como o investimento no futebol interiorano com a reforma de estádios, a adequação dos gramados no padrão FIFA, além da adequação da iluminação dos campos de jogos. Um dos maiores exemplos, deste ano, foi a inauguração da nova iluminação de LED do estádio Vianão, em Afogados da Ingazeira.

"Estamos buscando diariamente novidades e melhorias para o nosso futebol. Dessa forma, as entidades veem caminhando juntas atrás de maiores investimentos para as competições estaduais e de base", finalizou Evandro Carvalho.