Pernambucano A2

Conheça o artilheiro da Série A2 do Pernambucano

Edson, ex-atleta da Cabense, tem uma média de 0,83% gols por jogo.

img

Fruto das categorias de base do Clube Náutico Capibaribe, Edson Carlos da Silva, de 22 anos, conquistou a artilharia do Campeonato Pernambucano Série A2/2017, com 10 gols marcados em 12 jogos disputados. 

O centroavante disputou a competição estadual pela Associação Desportiva Cabense, clube detentor da melhor campanha na fase de grupos e do melhor ataque, com 25 gols.  

Na disputa pela primeira vez da Série A2 do Pernambucano, o jovem também passou pelas divisões de base do Santa Cruz, em 2009. No entanto, o atacante acabou se transferindo para o Eládio de Barros Carvalho, aos 17 anos, onde defendeu as cores do Náutico. Com a camisa alvirrubra, Edson foi artilheiro do Campeonato Pernambucano da categoria juvenil com 22 gols e campeão do Pernambucano Sub-20, em 2014. No ano seguinte, foi contratado pelo Paraúna para a disputa da competição estadual, onde marcou oitos gols em nove partidas.

Natural de Paulista, na Região Metropolitana do Recife, Edson sofreu com uma lesão muscular no início de 2016, que o fez perder a preparação para a temporada. Devido ao problema, o atacante não assinou contrato com nenhum clube naquele ano. No entanto, em 2017, o centroavante fechou com a Cabense e marcou o seu nome na história do Campeonato Pernambucano Série A2.

“Para mim foi muito gratificante ter participado da segundo divisão pela Cabense. Até agradeço ao clube por ter aberto as portas para mim. Eu sabia das dificuldades, até pela minha posição, pois um atacante precisa de gols e foi o que fiz. Fico muito feliz por ter sido o artilheiro e um dos destaque da competição”, disse.

O Azulão do Cabo formou um grupo muito forte para a disputa do campeonato. Após a melhor campanha da fase de grupos, a equipe alviazulina derrotou o Porto nos pênaltis e avançou para a semifinal, onde foi eliminada pelo campeão Pesqueira. Para o centroavante, faltou um pouco de calma para furar o bloqueio do goleiro Evandrizio. “A gente perdeu o primeiro jogo em casa por 2 a 0, com uma boa atuação do goleiro do Pesqueira. Acredito que faltou um pouco mais de tranquilidade, pois nós também tivemos boas oportunidades, só que eles aproveitaram a deles”.

Edson não continua no Cabo de Santo Agostinho para a próxima temporada. “Não tenho como seguir na Cabense, pois só jogarão novamente em um ano, no Campeonato Pernambucano Série A2”. O camisa 9 ainda não decidiu onde irá jogar em 2018, mas garante que algumas equipes já demonstraram interesse. “Tenho proposta e sondagens de alguns clubes, inclusive da primeira divisão. Mas não tenho nada definido ainda. Até a semana que vem devo estar fechando com alguma equipe”.

Orgulhoso da atual temporada, o jovem comemora os números com muito afinco. “Para mim foi excelente. Dez gols em doze jogos foi uma marca muito boa”, finalizou.